Descubra o Gênero do seu Bebê: O que é e como funciona a Sexagem Fetal

Sexagem fetal

A espera para descobrir o sexo do bebê é um dos momentos mais emocionantes para muitos pais. Antigamente, essa revelação só acontecia durante o ultrassom morfológico, geralmente realizado entre a 18ª e a 22ª semana de gestação. No entanto, avanços na medicina e na tecnologia tornaram possível descobrir o sexo do bebê de forma mais precoce e precisa, através de um teste chamado “sexagem fetal”.

O que é a Sexagem Fetal?

A sexagem fetal é um exame de sangue materno que permite determinar o sexo do bebê ainda durante o primeiro trimestre da gestação, a partir da 8ª semana. Esse teste revolucionário baseia-se na detecção do DNA fetal presente no sangue da mãe. O DNA do bebê contém informações genéticas que podem ser analisadas para determinar se ele é do sexo masculino ou feminino.

Como Funciona?

Durante a gravidez, uma pequena quantidade de DNA do bebê é liberada na corrente sanguínea da mãe. A sexagem fetal aproveita essa característica, usando técnicas avançadas de biologia molecular para isolar e analisar esse DNA fetal presente no sangue materno.

O exame geralmente envolve a coleta de uma pequena amostra de sangue da mãe, que é então enviada para um laboratório especializado em análise genética. Lá, os cientistas procuram por sequências específicas de DNA que são características do sexo masculino ou feminino. Com base nessa análise, é possível determinar com uma alta precisão se o bebê é um menino ou uma menina.

Por que fazer a Sexagem Fetal?

Existem várias razões pelas quais os pais optam por fazer a sexagem fetal:

  1. Curiosidade Antecipada: Muitos pais simplesmente não conseguem esperar até o ultrassom morfológico para descobrir o sexo do bebê. A sexagem fetal oferece uma maneira rápida e precisa de satisfazer essa curiosidade.
  2. Planejamento: Saber o sexo do bebê mais cedo pode ajudar os pais a se prepararem melhor para a chegada do novo membro da família. Isso inclui comprar roupas, decorar o quarto do bebê e escolher um nome.
  3. Riscos Genéticos: Em alguns casos, a sexagem fetal pode ser recomendada por razões médicas. Por exemplo, se houver um histórico familiar de doenças ligadas ao cromossomo X ou Y, o teste pode ser usado para determinar o sexo do bebê e avaliar o risco de hereditariedade dessas condições.

A sexagem fetal é uma ferramenta poderosa que oferece aos pais a oportunidade de descobrir o sexo do bebê de forma precoce e precisa. Além de satisfazer a curiosidade, esse exame também pode ajudar os pais a se prepararem melhor para a chegada do novo membro da família e, em alguns casos, avaliar riscos genéticos. Se você está grávida e ansiosa para descobrir o sexo do seu bebê, converse com seu médico sobre a possibilidade de fazer a sexagem fetal.

Pesquisa de satisfação
Por favor, ajude-nos a melhorar nossos produtos/serviços preenchendo este questionário.

Selecione a opção abaixo contando a sua experiência com nosso laboratório

Limpar seleção